Papa Francisco decidiu, esta quinta-feira, que a canonização dos beatos Francisco e Jacinta Marto terá lugar durante a sua visita a Portugal, durante o centenário da primeira aparição,a 13 de maio,  avança a agência ecclesia.

A decisão foi tomada no consistório que teve lugar em Roma.

Foi a 23 de março que o Papa aprovou a canonização, mas faltava ainda saber a data. com a visita de Francisco a Fátima tudo se conjuga para que os dois pastorinhos possam tornar-se santos já durante as celebrações do centenário das aparições. 

Os pastorinhos já tinham sido beatificados pelo papa João Paulo II, também em Fátima, mas a canonização estava dependente do reconhecimento deste milagre.

"Centenário atinge todo o seu esplendor"

Os sinos do santuário de Fátima tocaram a repique cerca das 09:40, minutos depois de o papa Francisco ter feito o anúncio. 

O reitor do santuário, padre Carlos Cabecinhas, vai anunciar a notícia no santuário, rezar uma missa na Capelinha das Aparições e fará uma oração de ação de graças. Publicou já uma mensagem no Facebook.

O bispo de Leiria-Fátima, António Marto, defendeu entretanto qur o centenário atinge “todo o seu esplendor” com a canonização. 

É com indizível alegria que acabámos de receber a notícia de que a canonização dos beatos Francisco e Jacinta Marto será em Fátima, sob a presidência do Santo Padre, precisamente na data da primeira aparição em que os pastorinhos viram a Linda Senhora revestida de luz”

Também o cardeal patriarca de Lisboa, Manuel Clemente, saudou já “com muita alegria” a notícia da canonização. Utilizou o Twitter para esse efeito.

 

"Muita alegria"

O cardeal patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, saudou entretanto “com muita alegria” a notícia da canonização dos dois pastorinhos Jacinta e Francisco, a 13 de maio pelo Papa Francisco, em Fátima.

É com muita alegria que recebemos a notícia da canonização de Francisco e Jacinta na sua terra”, escreveu Manuel Clemente na sua conta na rede Twitter.

O patriarca acrescenta, numa segunda nota uma referência à mensagem de Fátima: “Mais viva fica ainda a celeste notícia que aí mesmo nos transmitiram!”

Operação Fátima 2017

A circulação automóvel na cidade de Fátima nos dias 12 e 13 de maio estará encerrada durante a visita papal. Vai estar apenas autorizada a veículos de emergência e credenciados.

Haverá medidas excecionais nos locais de passagem e permanência de Francisco e dos peregrinos. Haverá quase mil operacionais a postos nesses dias.

A Força Aérea vai restringir o espaço aéreo e transportar o papamóvel desde Roma. As fronteiras vão ser fechadas em maio, e isso não aconteceu em 2010, quando Bento XVI veio a Fátima. Porém,  mesmo nessa altura houve um reforço da vigilância das entradas, nomeadamente nos comboios internacionais que se dirigiram para Portugal, aeroportos e controlo das zonas portuários.

Padre português vai ser canonizado em outubro

O Papa Francisco anunciou também hoje que canonizará, a 15 de outubro, na basílica de S. Pedro, no Vaticano, os “protomártires do Brasil”, mortos nas perseguições anticatólicas no século XVII pelos holandeses. Entre eles, está o padre português Francisco Ferro.

Nas perseguições na arquidiocese de Natal, sob jurisdição portuguesa, entre julho e outubro de 1645, morreram 30 pessoas, entre as quais os padres André de Soveral, Ambrósio Francisco Ferro e o leigo Mateus Moreira.