«Uma hora depois disseram que não podíamos descolar porque não havia autorização, depois era porque as portas não estavam a fechar e acabámos por ficar seis horas fechados no avião» até às 18:40, acrescentou.

«Agora estão a identificar os passageiros um a um e a confirmar os bilhetes, antes da descolagem. Estou de férias mas sou guia turístico e em 12 anos de profissão nunca vi nada assim», adiantou.


«Uma hora depois disseram que não podíamos descolar porque não havia autorização, depois era porque as portas não estavam a fechar e acabámos por ficar seis horas fechados no avião» até às 18:40, acrescentou na ocasião.