Uma área de nudismo, um quarto escuro na zona gay e a apresentação de duas novas produtoras portuguesas de filmes pornográficos são as novidades apresentadas esta quarta-feira pelo Salão Erótico 2015, que arranca dia 5 de março, na Exponor (Porto).

Em entrevista à Lusa, o diretor do Eros Porto 2015 Salão Erótico do Porto, Juli Simón, destacou a criação de uma área de nudismo, com várias salas, entre as quais um quarto escuro, onde o público vai ser o protagonista, como uma das "curiosidades" mais interessantes para a oitava edição do certame erótico, que decorre até 08 de março.

Outro dos destaques é a criação de duas produtores portuguesas de filmes para adultos, a «Porno Low Cost» e «Team Erica», de Erica Fontes, que foi galardoada em 2013 como melhor artista internacional do ano nos prémios XBIZ, dedicados ao cinema para adultos.

«Significa um passo na indústria cinematográfica para adultos em Portugal», assume o diretor do Salão Erótico do Porto, explicando que com aquelas produtoras haverá mais produção nacional e menos necessidade de importar.

«Acreditamos que os países necessitam de ter a sua própria produção cinematográfica para adultos e que recorrem muito à maneira de ver a sexualidade de cada país. Cada nação tem a sua idiossincrasia, em função da realidade sexual de cada país», acrescenta Juli Simón.

A organização da feira erótica disse à Lusa acreditar que este ano o volume de negócios vai aumentar, por causa do sucesso à volta da obra e filme «50 Sombras de Gray».

Juli Simón acredita que esse filme vai ter uma «influência direta sobre a oferta e vendas dentro do Eros Porto», designadamente em produtos sadomasoquistas.

Na conferência de imprensa de apresentação do Eros Porto 2015 foi apresentado «A Conquista», o primeiro vídeo do evento que aborda a conquista das mulheres por direitos ao longo da história de Portugal e da Humanidade e que contou com a atriz porno portuguesa Erica Fontes como protagonista.

A convidada de honra deste Eros Porto é Maria de Lapiedra, atriz pornográfica, fundadora do Partido Desejo e candidata autárquica na Catalunha (Espanha), defendendo os diretos de liberdade sexual.

A atriz porno entrou em direto, via skype, na conferência de imprensa e revelou que já viajou por Portugal inteiro.

Esta edição vai contar ainda com o primeiro ator porno gay português, Fostter Riviera, natural do Porto e distinguido com um prémio na Hustlaballem Berlim (Alemanha).

Espetáculos de pole dance, striptease, lap dance, bem como shows de lesbianismo, performances da área BDSM (bondage, disciplina e sadomasoquismo) e uma zona swinger também vão marcar presença no salão.

Os ingressos do Eros 2015 vão ter o mesmo valor das edições anteriores, ou seja 22 euros para casal, 13 euros individual e 11 euros para reformados, desempregados, jovens com 18 anos e deficientes