A TAP apela aos passageiros que tenham voos para a Madeira ou que lá estejam para ir para outros destinos que não se desloquem para os aeroportos antes de consultarem a informação dos respetivos voos. Como previsto para este fim de semana, o vento forte está a condicionar as operações no aeroporto Cristiano Ronaldo, no Funchal. Este domingo, o tráfego tem estado mesmo paralisado.

Como consequência das condições meteorológicas adversas na Ilha da Madeira, nomeadamente a ocorrência de ventos muito fortes, que podem colocar em causa a segurança dos voos, a TAP informa que a sua operação regular de e para o Funchal está a ser afetada”.

Devido a esta situação, a TAP pede “aos passageiros com voos de e para o Funchal que não se desloquem aos aeroportos”.

A TAP solicita ainda que os passageiros “consultem a informação sobre os seus voos através das agências de viagem, flytap.com ou contact center da TAP” e que atualizem os contactos no endereço eletrónico das reservas, “de modo a poderem ser contactados”.

Segundo fonte do aeroporto madeirenses, o vento forte impediu hoje todas as aterragens previstas, tendo alguns aviões divergido para a ilha do Porto Santo e Las Palmas

Na quinta-feira, a ANA – Aeroportos de Portugal já tinha avisado que estavam previstos “constrangimentos” no movimento no Aeroporto da Madeira – Cristiano Ronaldo entre os dias 05 e 08.

Nesse mesmo dia o Governo Regional da Madeira apelou ao setor do turismo e à Associação Comercial e Industrial do Funchal (ACIF) para a necessidade de uma “solução concertada” para responder à situação de previsão de condicionamento no aeroporto da ilha.

Numa nota divulgada na região, a secretaria da Economia, Turismo e Cultura madeirense defendeu a necessidade de preparação de “uma resposta articulada”, visando evitar “as situações que se viveram recentemente” no aeroporto da Madeira- Cristiano Ronaldo e que “abone a favor dos passageiros e da imagem do destino” turístico.

Alguns dos passageiros de voos que divergiram para a ilha do Porto Santo estão a chegar à Madeira utilizando a ligação marítima do navio Lobo Marinho que efetua viagens entre as duas ilhas.