Um incêndio no camião que transportava equipamento militar para a República Centro Africana (RCA) obrigou a adiar desta quarta para quinta-feira o voo do Hércules C-130 da Força Aérea Portuguesa destinado àquele país.

Contactado pela agência Lusa, o tenente-coronel Vicente Pereira, porta-voz do Exército, indicou que o incêndio no camião deflagrou após um problema técnico na viatura, perto da base aérea do Montijo, sem provocar feridos.

"Devido a este incidente, a missão foi adiada 24 horas e o voo deverá realizar-se na quinta-feira", indicou o porta-voz.

Sobre a carga transportada pelo camião, a mesma fonte disse que não se tratava de munições ou qualquer tipo de armamento, mas sim de material militar de aquartelamento.

A carga destina-se ao contingente de comandos do Exército e controladores táticos da Força Aérea que estão ao serviço da ONU na RCA.

Ainda segundo o tenente-coronel Vicente Pereira, o fogo deflagrou já depois de o camião ter atravessado a Ponte Vasco da Gama.