Um despacho publicado em Diário da República vai obrigar os hospitais a terem um plano «B» nas escalas dos médicos e enfermeiros destacados para as VMER (Viatura Médica de Emergência e Reanimação).

Sindicato acusa ministério de obrigar médicos a funções fora da sua competência

Segundo o «Diário de Notícias», os diretores das urgências vão ser os responsáveis pela criação de escalas que indiquem substitutos para o caso de faltar um dos elementos.

Todos os médicos e enfermeiros com formação vão poder ser destacados para as ambulâncias.

O objetivo é evitar casos como o de Évora , onde dois homens não puderam ser socorridos de um acidente devido à inoperacionalidade de uma VMER.