A Polícia Judiciária anunciou esta sexta-feira a detenção de dois homens, de 28 e 51 anos, presumíveis autores de um assalto a uma carrinha de valores, em Viseu, ocorrido em setembro, com recurso a metralhadora.

Em comunicado, a instituição policial adiantou que os detidos foram sujeitos a prisão preventiva, após primeiro interrogatório judicial.

As investigações foram conduzidas pela diretoria do Centro, com a colaboração da diretoria Norte, que, nas diligências de recolha de prova realizadas nas zonas de Viseu e do Porto, encontraram e apreenderam armas, produtos estupefacientes e um veículo.

Os dois homens são suspeitos de assalto a um funcionário de uma empresa daquela cidade, que procedia à recolha e transporte de valores.

«Um dos suspeitos, que se encontrava encapuçado, interpelou a vítima e, sob a ameaça de uma metralhadora, exigiu que lhe fizesse entrega imediata de todo o dinheiro», explicou a PJ, em comunicado, referindo que o indivíduo correu depois em direção a um veículo, em que era esperado pelo comparsa.