Um homem foi condenado pelo Tribunal do Seixal a nove anos e meio de prisão e ao pagamento de uma indemnização pela tentativa de homicídio da sua mulher, que ficou com lesões permanentes.

Segundo informação disponibilizada hoje pela Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa na sua página da Internet, o homem foi condenado por homicídio tentado em contexto conjugal, ocorrido em 7 de julho de 2012, por ter ateado fogo com gasolina à cama do casal, no quarto onde se trancara com a vítima, sua mulher.

«A vítima sobreviveu, com ferimentos graves e lesões permanentes», refere a nota.

O arguido foi condenado ao pagamento de uma indemnização à vítima no valor de 53.560,81 euros, por danos patrimoniais e não patrimoniais.