Mais dois seguranças da discoteca Urban Beach foram detidos esta sexta-feira. Um segurança já tinha sido detido durante a madrugada, pelo que, no total, há três seguranças detidos. A informação foi apurada pela TVI e entretanto confirmada num comunicado da Polícia de Segurança Pública (PSP), enviado às redações.

A Polícia de Segurança Pública informa que mais dois suspeitos, sobre os quais tinham sido emitidos mandados de detenção pela autoridade judicial competente, já se encontram detidos em instalações policiais."

A PSP informa ainda que os três suspeitos vão ser interrogados este sábado.

Estando ainda em curso diligências de investigação, todos os três suspeitos serão previsivelmente presentes a primeiro interrogatório durante o dia de amanhã."

As detenções surgem na sequência da violência que tem sido associada aos elementos de segurança desta discoteca de Lisboa. O Urban foi, de resto, fechado esta sexta-feira pelo Ministério da Administração Interna, que referiu as dezenas de queixas que foram feitas contra este espaço noturno só este ano.

Na quinta-feira, imagens que mostram seguranças do Urban a agredir brutalmente dois jovens tornaram-se virais nas redes sociais.

As duas vítimas das agressões estiveram a ser ouvidas numa esquadra da PSP, onde se identificaram e tentaram identificar os seguranças envolvidos. À TVI contaram como tudo aconteceu.

Magnusson Brandão e André Reis contaram que se deslocaram para a zona da discoteca porque queriam ir comer às roulotes e que foram imediatamente abordados pelos seguranças. Segundo os dois jovens, os seguranças da discoteca alegaram que estes estariam no local “para roubar”, o que ambos negam.

“Vieram ter connosco, chamaram-nos, a perguntar o que estávamos ali a fazer, e nós dissemos que estávamos a decidir se íamos entrar ou não. Eles disseram que era para roubar e um espetou-me logo um murro na boca. Eu caí, tentei levantar-me, veio outro dar-me uma cabeçada e perdi logo os sentidos. Depois vieram outros pontapear-me e ainda veio outro e deu-me uma facada.”