A Polícia Judiciária (PJ) de Aveiro anunciou esta quarta-feira a detenção de uma mulher suspeita de ter tentado matar o marido, um empresário de 60 anos, com tiros de caçadeira, em Vagos.

O crime ocorreu na noite da passada terça-feira, pelas 21:30, como avançou a TVI24.

A GNR chegou ao local poucos minutos após o disparo ter sido efetuado, tendo detido, em flagrante delito, a autora do mesmo.

Segundo a PJ, as primeiras informações apontavam para um disparo acidental para as pernas da vítima, efetuado pelo elemento feminino de um casal, no âmbito de uma discussão entre os mesmos, num quadro de violência doméstica.

No entanto, após a realização de diligências de investigação, foi possível apurar que o disparo aconteceu "num contexto de conflitualidade dentro do casal, mas com intencionalidade, e na direção de outras partes do corpo da vítima, que não apenas as pernas, tendo atingido também a cara e o abdómen", refere um comunicado da PJ citado pela Lusa. 


Por configurar uma situação de um crime de homicídio, na forma tentada, a mulher recolheu à zona prisional da PJ, tendo sido apreendidas três espingardas caçadeiras, duas espingardas de pressão de ar, além de diversas munições.

Segundo a PJ, a vítima encontra-se de momento em internamento hospitalar, mas está fora de perigo.

A detida, de 55 anos, vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação.