Em Actualização

Um homem barricou-se dentro de casa com um filho bebé na sequência de um episódio de violência doméstica, esta madrugada na localidade de Vale de Marinha, Rio Maior. O homem está armado com uma caçadeira. Já fez vários disparos e atingiu um GNR.

Fonte da GNR de Rio Maior disse à TVI24, que as autoridades ainda conseguiram tirar a mulher e o filho da casa, mas o individuo continua barricado.

O indivíduo ainda atingiu a tiro um militar da GNR e terá provocado uma explosão de gás, que, causou apenas danos materiais, adiantou a mesma fonte.

No local, um morador assegurou à Lusa que os ferimentos no militar decorreram de uma explosão na habitação, acrescentando que após este sinistro terão sido disparados dois tiros do interior

Fonte do CDOS (Centro Distrital de Operações de Socorro) de Santarém disse ao TVI24 que às 3h 58m os bombeiros de Rio Maior foram chamados pela GNR por causa de um incêndio ocorrido na habitação. A mesma fonte, adiantou que, o proprietário não autorizou os bombeiros a entrar na casa, pelo que não foi possível apurar causas, origem ou extensão do incêndio. «Via-se fumo a sair, mas chamas não», explicou.

A esposa do indivíduo conseguiu sair da casa com o filho mais velho, de 10 anos, ficando o mais novo, um bebé de 4 meses, dentro de casa com o pai. Mas este acabou por o entregar às autoridades. «Mãe e filhos foram levados ao hospital por precaução», adianta a mesma fonte.

No local estão bombeiros, homens do grupo de intervenção da GNR e elementos da PJ.