Um homem de 40 anos foi detido numa pequena aldeia do concelho de Viseu por suspeita de abuso sexual a uma menina de 10 anos, sua vizinha, anunciou esta quarta-feira a Polícia Judiciária (PJ).

À agência Lusa, uma fonte da diretoria do Centro da PJ explicou que o detido, solteiro, sem profissão e antecedentes criminais, tentou abusar sexualmente da criança no dia 7 de maio, à noite, quando esta se deslocava a pé para casa de um familiar.

«A menina conhecia o homem desde pequena, que era sociável e de confiança, e pediu-lhe para ele a acompanhar no percurso porque já era de noite», explicou a mesma fonte, referindo que o detido «aceitou e, num local mais ermo, agarrou a criança e tentou abusar dela».

Fonte da PJ adiantou que a vítima gritou e conseguiu fugir do agressor, que se refugiou em casa durante alguns dias, tendo sido detido na segunda-feira e presente ao Tribunal de Viseu no dia seguinte.

Após o primeiro interrogatório judicial, o indivíduo ficou sujeito à obrigação de apresentações periódicas às autoridades e à proibição de contactos com a vítima e com outras crianças.

«Em aldeias de pequena dimensão, esta medida é extremamente eficaz, porque o controlo é efetuado pelas pessoas», sublinhou a fonte da PJ da diretoria do Centro.