O Ministério Público (MP) acusou um homem pelos crimes de violação, coação sexual, roubo e detenção de arma proibida, praticados em abril, em Valongo, divulgou hoje a Procuradoria-Geral Distrital (PGD) do Porto.

O suspeito ficou sujeito a prisão preventiva, medida de coação mais gravosa, referiu a procuradoria, numa nota publica na sua página na Internet.

Segundo a acusação, citada na nota da PGD, o homem abordou, a 16 de abril, em Valongo, três mulheres, cada uma delas em situações diferentes, e ameaçando-as com uma navalha de ponta e mola obrigou-as a atos sexuais, tendo a uma delas roubado a carteira.