O Tribunal de Famalicão deixou em liberdade um homem de 29 anos detido pela Polícia Judiciária pela alegada prática dos crimes de sequestro e violação de uma menor de 14 anos, em Famalicão, informou fonte policial.

O arguido ficou sujeito a apresentações semanais na polícia, estando também proibido de contactar com a vítima.

Segundo a Polícia Judiciária, os factos remontam a segunda-feira, quando a jovem seguia numa estrada e foi ¿violentamente arrastada¿ para o interior de um campo de milho, onde acabaria por ser violada.

¿Finda a violação, seguida de abandono do local por parte do ora detido, a vítima procurou auxílio junto à mesma estrada onde havia sido sequestrada, vindo a ser socorrida por uma mulher que entretanto aí circulava de automóvel¿, acrescenta o comunicado.

O detido é operário da construção civil e já está referenciado localmente por situações de assédio e tentativas de abuso sexual de outras jovens e mulheres.