Um homem acusado de violar a mulher de um amigo foi, esta quinta-feira, condenado, num tribunal do Porto, a cinco anos de prisão e ao pagamento de 12 mil euros à vítima.

A juíza das Varas Criminais de São João Novo, no Porto, considerou provado o crime de violação agravada de que o homem estava acusado.

O caso aconteceu em setembro de 2013, altura em que o agressor, de 43 anos, foi jantar a casa de um casal amigo, explica o Ministério Público.

O marido da vítima ausentou-se de casa para ir passear o cão, deixando os dois sozinhos em casa. Foi nessa altura que o arguido forçou a vítima de 53 anos, a atos sexuais, segundo a acusação.

O homem, que já tinha antecedentes por roubos, furtos e violência doméstica, foi também investigado por um outro caso de violação, mas que acabou arquivado.

Até à leitura do acórdão, esteve em prisão domiciliária.