Atualizada às 19:00

A Polícia Judiciária deteve esta sexta-feira um homem de 55 anos, «fortemente indiciado» pela prática de três crimes de abuso sexual de uma criança de apenas três anos. A detenção foi feita pelo Departamento de Investigação Criminal da Guarda e o suspeito acabou por ficar em prisão preventiva.

Os crimes terão acontecido durante os dois últimos meses, o último consumado ainda ontem à tarde, lê-se no comunicado da PJ.

«O abuso teve lugar em meio sociofamiliar onde a menor habitualmente reside, depois de o detido, que é seu vizinho, a ter atraído ao interior da sua residência», lê-se no comunicado da PJ.

«Na última das situações verificadas, o comportamento criminoso do detido apenas terá sido interrompido, não provocando danos ainda mais graves, devido à ação da progenitora da vítima, que a foi à sua procura naquele mesmo local», acrescenta.

O detido foi entretanto presente às autoridades, primeiro para interrogatório e, depois, para «eventual submissão a adequadas medidas de coação».