A Polícia Judiciária (PJ) anunciou a detenção, em Vilar Formoso, no concelho de Almeida, de um grupo, composto por um homem e duas mulheres, suspeito da "atividade reiterada" de tráfico de droga naquela zona raiana.

Segundo uma nota do Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda, os detidos, todos com 27 anos, residentes em Vilar Formoso, são suspeitos de envolvimento no tráfico de estupefacientes, "há já vários anos, nomeadamente entre a localidade espanhola de Ciudad Rodrigo e a zona raiana de Vilar Formoso".

Fonte policial disse à agência Lusa que dois dos detidos não têm profissão definida e que uma das mulheres é empregada de limpeza.

"Em face dos elementos apurados durante a investigação, estima-se que os detidos são suspeitos da importação e venda semanal de mais de 500 doses individuais de produtos estupefacientes de vários tipos", refere a nota.

A PJ adianta no comunicado que no momento da detenção foram apreendidos "vários objetos próprios do exercício daquela atividade delituosa, assim como alguns vestígios dos estupefacientes transacionados".

No desenvolvimento de algumas das operações, a PJ da Guarda contou com a colaboração de uma equipa cinotécnica da GNR.

Os suspeitos estão hoje a ser presentes ao tribunal de Almeida para efeitos de primeiro interrogatório e aplicação de adequadas medidas de coação.