A GNR anunciou a apreensão, em Vilar Formoso, no concelho de Almeida, de diversos artigos de vestuário alegadamente contrafeitos, avaliados em 67.770 euros.

Segundo fonte do Comando Territorial da GNR da Guarda, durante uma operação de fiscalização realizada, no sábado, no recinto da feira mensal daquela localidade fronteiriça, foram apreendidos 1.543 artigos de vestuário (fatos de treino, calças, blusões e polos) que estavam expostos para venda.

Os artigos foram apreendidos durante «uma fiscalização de feirantes», disse a fonte à agência Lusa, indicando que a ação envolveu 70 militares do Comando Territorial da GNR da Guarda e da Unidade de Intervenção de Lisboa.

Durante a operação foram identificados e constituídos arguidos 12 vendedores ambulantes, nove homens e três mulheres, que estavam na posse da mercadoria supostamente contrafeita.

Os artigos apreendidos e o respetivo processo de inquérito foram remetidos pela GNR para o Tribunal Judicial da Comarca de Almeida.

A fonte indicou que durante o ano de 2014, no distrito da Guarda, a GNR apreendeu artigos contrafeitos avaliados em cerca de 200 mil euros em ações de fiscalização de feiras e de viaturas de transporte de mercadorias.