Uma cadela abandonada num saco fechado junto a uma estrada municipal de Vila Verde foi salva por um vereador da autarquia, que por ali passava na tarde de segunda-feira.

José Morais denunciou o caso na sua página no Facebook, que tem já mais de 2.500 partilhas.

José Morais circulava na estrada do Pinhal, em Barbudo, a "cerca de 20 km/h", porque se trata de uma via com dois sentidos, quando reparou num "saco a mexer-se", contou à TVI24

Parou o carro e, com a ajuda de um canivete suíço que tinha na sua posse, deu um golpe no saco e deparou-se com uma cadela "brava", que, de imediato, "pôs a cabeça de fora".

José Morais chamou logo a GNR de Vila Verde, até porque o abandono de animais constitui crime, e a veterinária municipal.

"Só hoje [terça-feira], quando pensava no assunto, me apercebi que a cadela estava a cinco metros de um caixote do lixo, onde estavam vários sacos amontoados no chão. Provavelmente, conseguiu arrastar-se até ali", admitiu, acrescentando que naquela estrada, apesar de secundária, passam muitos carros.

Desconhece há quanto tempo a cadela ali se encontrava, mas não tem dúvidas de que estava "stressada e cansada".

"Inicialmente, até tentou morder-me, mas quando percebeu que não lhe ia fazer mal acalmou. Depois até bebeu água de uma garrafa que trazia no carro", recordou.

Contactado pela TVI24, o comando de Braga da GNR disse não ter aberto nenhum processo de averiguações, o que só deverá acontecer caso haja alguma denúncia.

A cadela não tem chip ou qualquer identificação, foi levada para o canil municipal, encontra-se de boa saúde e deverá ser adotada pela filha de José Morais.