A PSP de Vila Real anunciou esta quarta-feira a detenção de três mulheres pelo alegado furto de bijuteria num estabelecimento comercial e indicou que têm antecedentes criminais por envolvimento em cerca de uma centena de ocorrências similares.

As mulheres têm idades compreendidas entre os 20 e os 27 anos e residem na área do grande Porto, tendo sido intercetadas pelos seguranças do centro comercial de Vila Real.

Segundo revelou a PSP, em comunicado, as mulheres terão passado as linhas de caixa de uma loja, ocultando nas roupas que trajavam diversos artigos de bijuteria no valor de cerca de 300 euros.

Os artigos foram apreendidos e devolvidos à loja de onde foram subtraídos.

Antecedentes criminais

No comunicado, a PSP revela que as três detidas tinham antecedentes criminais relacionados com furtos em estabelecimentos comerciais.

Todas as detidas têm antecedentes criminais, sendo que a mais velha tem cerca de 90 ocorrências relacionadas com furtos, a segunda mais de uma dezena e, a mais nova, três ocorrências”, refere o comunicado.

Uma das detidas foi identificada pela Esquadra de Investigação Criminal da PSP de Vila Real, através de imagens do sistema de videovigilância de uma superfície comercial de Vila Real, por ter furtado diversos bens no mês de maio.

Sobre a suspeita de 27 anos, pende ainda um mandado de detenção e condução emitido por um Tribunal do Porto.

As mulheres vão ser presentes no Tribunal Judicial de Vila Real, para primeiro interrogatório e aplicação de eventuais medidas de coação.