Cinquenta e dois bombeiros estão a combater um incêndio num parque de resíduos de Vila Real, onde estão depositados pneus ou velhos eletromédicos, e que se suspeita que possa ter sido originado por um relâmpago, segundo fonte autárquica.

«A indicação que temos é que de manhã houve uma trovoada e que terá caído um relâmpago sobre esta zona onde estão depositados um conjunto de resíduos num parque aqui de Mosteirô. Em consequência, isto ter-se-á incendiado», disse à agência Lusa o vereador da Câmara de Vila Real Carlos Silva.

Devido à matéria que está a arder, principalmente pneus, o fumo negro é visível a uma grande distância. O alerta para o fogo foi dado às 12:05.

 

Segundo o responsável, o parque pertence à Empresa Municipal de Água e Resíduos (EMAR), da Câmara de Vila Real, e está concessionado à empresa Mirapapel.

É um espaço que é aproveitado para depositar materiais que normalmente não são recolhidos pelo aterro de resíduos urbanos, como os pneus ou os chamados monstros, frigoríficos fogões, computadores, entre outros.

Segundo informação do Centro Distrital de Operações de Socorro de Vila Real (CDOS), no combate a este fogo estão 52 bombeiros, de oito corporações, que contam com o apoio de 23 viaturas.

Carlos Silva referiu que «vai ser precisa muita água para arrefecer o espaço, porque as temperaturas que se geram são muito fortes», pelo que foi pedido apoio às corporações de bombeiros dos concelhos vizinhos de Vila Real.