Um incêndio que deflagrou esta quarta-feira de madrugada numa habitação aparentemente desabitada, em Oliveira do Douro, Vila Nova de Gaia, obrigou à evacuação do edifício de quatro andares, disse à Lusa fonte dos bombeiros sapadores.

De acordo com a fonte, o fogo, que não provocou vítimas, começou cerca das 04:30 num quarto da habitação do rés-do-chão, mas a rápida intervenção dos bombeiros evitou que alastrasse a outras casas.

Devido ao fumo, e por precaução, foi decidido evacuar o prédio, tendo os moradores regressado às suas residências cerca das 06:25.

De acordo com o testemunho de vizinhos, “ninguém morava no rés-do-chão, desde há cerca de 15 dias”.

No local estiveram os Bombeiros Sapadores de Vila Nova de Gaia, com 12 homens e quatro viaturas, e os Voluntários de Avintes, com nove homens e duas viaturas.

As causas do incêndio são, para já, desconhecidas.