As piscinas e pavilhões desportivos das freguesias do Forte da Casa, Póvoa de Santa Iria e Vialonga, encerradas por causa do surto de legionella detetado naquele concelho, vão reabrir na segunda-feira, adianta a Câmara Municipal de Vila Franca de Xira.

«A decisão de reabertura surge na sequência de contactos hoje estabelecidos com as Autoridades de Saúde e da apresentação pública dos resultados dos estudos epidemiológicos deste surto, ontem [sexta-feira] efetuada, em que o diretor-geral de Saúde referiu que os cidadãos do concelho ‘podem retomar todos os hábitos normais’»


Em comunicado, a autarquia diz também que irá aconselhar aos clubes desportivos e agrupamentos de escolas que retomem «a sua atividade normal ao nível das atividades e aulas de educação física, retomando a utilização dos duches dos pavilhões».

A câmara de Vila Franca de Xira refere ainda que, «a título preventivo», irá manter-se o reforço dos níveis de cloro na água da rede pública, bem como a suspensão do funcionamento dos sistemas de rega por aspersão e de fontes ornamentais.

Entretanto, está agendada para terça-feira, às 18:00, uma nova reunião extraordinária da Comissão Municipal de Proteção Civil do concelho.

A Direção-Geral de Saúde, os ministros da Saúde e do Ambiente e todas as entidades envolvidas na task force que está a investigar o surto de legionella explicaram, na sexta-feira, em conferência de imprensa, o balanço e os resultados conseguidos até ao momento.  

As autoridades já conseguiram estabelecer relação entre as amostras recolhidas e a bactéria encontrada nos pacientes. A conjugação de fenómenos atmosféricos raros motivou uma elevada concentração da bactéria no ar, que foi propagada através das torres de refrigeração. Falta saber quais.