Um homem de 43 anos morreu na quinta-feira, vítima de infeção da bactéria legionella, disse à agência Lusa uma fonte do Hospital de Vila Franca de Xira.

A mesma fonte não precisou a data de internamento do homem, nem revelou mais pormenores.

Esta é a 11.ª vítima mortal do surto de legionella na zona de Vila Franca de Xira, que provocou mais 330 infetados, número que transforma este surto no terceiro com mais casos em todo o mundo e o maior em Portugal.

Os primeiros casos deste surto de legionella foram conhecidos a 7 de novembro.

Considerado extinto a 21 de novembro, o surto teve origem numa torre de arrefecimento da empresa Adubos de Portugal, conforme foi confirmado pelas autoridades.

O Ministério Público está a investigar os acontecimentos e a hipótese de um crime ambiental continua em aberto.