Os dois arguidos




Como os arguidos não obtiveram nem o fabrico das notas nem a devolução do dinheiro, “entraram na viatura do ofendido, amarraram-no no banco da frente e dirigiram-se para a zona da Amadora”, no bairro do Zambujal. Aí chegados, “forçaram-no a telefonar” à outra vítima a pedir que fosse ao seu encontro, refere a acusação.



De seguida, os suspeitos colocaram-se em fuga numa outra viatura, com a outra vítima até a um local ermo da zona de Vila Franca de Xira, “onde pararam, saíram da viatura e dispararam quatro tiros contra esta vítima, que mantinham amarrada no interior do veículo. Abandonaram a viatura deixando a vítima no seu interior já morta”, relatava o despacho de acusação.