Todo o país, com exceção dos Açores, vai estar entre sexta-feira e sábado sob aviso amarelo devido à previsão de aguaceiros, chuva e vento forte, disse à agência Lusa a meteorologista Madalena Rodrigues.

Os 18 distritos de Portugal continental e o arquipélago da Madeira vão estar sob aviso amarelo, o segundo menos grave de uma escala de quatro, devido à previsão de chuva por vezes forte passando a regime de aguaceiros que podem ser de trovoadas e vento forte entre as 09:00 de sexta-feira e as 14:59 de sábado.

Em declarações à agência Lusa a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), Madalena Rodrigues, adiantou que para hoje prevê-se ainda ocorrência de aguaceiros fracos e dispersos por todo o país, mas a partir do final do dia vai registar-se um aumento da nebulosidade e alguma precipitação forte no litoral da região centro.

«Amanhã [sexta-feira] vai ser um dia de céu muito nebulado com chuva forte passando a regime de aguaceiros fortes também com possibilidade de trovoadas a partir do início da tarde. O vento será moderado do quadrante sul, sendo moderado a forte no litoral oeste com rajadas na ordem dos 70 quilómetros/hora e forte a muito forte nas terras altas com rajadas da ordem dos 100 quilómetros/hora», adiantou.

A meteorologista indicou também que está prevista uma subida da temperatura máxima no litoral norte e centro e descida [da máxima] nas regiões do interior. «Para sexta-feira e sábado prevê-se precipitação forte, mas estamos a prever até dia 04 de outubro ocorrência de precipitação», disse.

Quanto às temperaturas máximas, em Lisboa e em Faro prevê-se para hoje uma máxima de 24 graus Celsius, em Évora 29 graus, em Beja, Vila Real e Bragança 27, no Porto 25, em Coimbra 28, em Santa Cruz das Flores e Funchal 24, e em Ponta Delgada e Angra do Heroísmo vinte e três.