A costa norte e centro de Portugal continental está esta quinta-feira sob aviso laranja, o segundo mais grave de uma escala de quatro, devido a previsões de ondas altas, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com a informação disponibilizada no site do IPMA, a costa norte e centro do país, entre Viana do Castelo e Lisboa, vai registar hoje uma forte agitação marítima, com ondas de «altura significativa», que podem chegar aos seis metros.

O IPMA colocou toda esta zona em aviso laranja, o que significa que existe, até cerca das 18:00, «uma situação meteorológica de risco moderado a elevado».

Além disso, o IPMA colocou 12 distritos do continente sob aviso amarelo, o terceiro mais grave da escala.

O aviso, que significa que existem riscos para determinadas atividades, está ativo devido à previsão de chuva forte e implica os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Vila Real, Viseu, Aveiro, Coimbra, Leiria, Lisboa, Setúbal, Beja e Faro.

O IPMA alargou também até às 13:00 de sexta-feira o aviso amarelo devido à previsão de agitação marítima nos grupos central e ocidental do arquipélago dos Açores, com ondas que podem chegar aos seis metros.

O IPMA prevê para hoje, no continente, céu muito nublado e chuva, em especial nas regiões norte e centro, que vai aumentar de intensidade e frequência a partir da manhã e será forte no Minho e no Douro Litoral.

O vento será fraco a moderado, mas pode chegar a rajadas de 60 km/h no litoral oeste a partir da manhã, e deverá soprar forte (40 a 55 km/) com rajadas da ordem de 80 km/h nas terras altas.

Nos Açores, a previsão aponta para céu muito nublado e alguns aguaceiros, com rajadas de vento que podem chegar aos 80 quilómetros por hora.

Na Madeira o céu também estará geralmente muito nublado e com chuva fraca ou chuvisco até meio da tarde, mas o vento será fraco a moderado (30 a 40 km/h) nas zonas montanhosas.

As temperaturas deverão variar entre uma mínima de 12 graus centígrados em Lisboa e de 14º em Faro, enquanto os Açores vão oscilar entre os 11º e os 14º e na Madeira a mínima ficará nos 16.