A Polícia Judiciária (PJ) prendeu o fornecedor de explosivos a um dos maiores gangues de assalto a multibancos, que atuava há dois anos em Portugal.

A unidade de combate ao banditismo apreendeu grandes quantidades de gelamonite, um explosivo que foi usado em dezenas de assaltos, entre Coimbra e Setúbal.

Ao todo, a PJ deteve cinco elementos do gangue. O Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) apresentou-os na sexta-feira ao juiz Carlos Alexandre, que decretou a prisão preventiva para quatro arguidos.

Os detidos são ainda suspeitos de vários crimes violentos de «carjacking», sobretudo concentrados em Lisboa, Sintra, Mafra, Torres Vedras e Vila Franca de Xira.