Um reformado de Gondomar foi dado como morto pelo sistema informático da Segurança Social.

O homem, de 76 anos, estranhou o atraso no pagamento da reforma e, quando questionou os serviços, ficou a saber que já tinha falecido.

Domingos Lima está reformado há 11 anos e durante mais de 30 trabalhou numa agência funerária em Gondomar.

Nunca pensou ser-lhe comunicado o seu próprio óbito, mas foi o que aconteceu.

A TVI pediu um esclarecimento à Direção Geral da Segurança Social sobre este caso, mas até ao momento não obteve qualquer resposta.