Um padre de Viana do Castelo foi assaltado com violência esta quarta-feira de madrugada, no interior da residência, entregando cerca de 5.000 euros, num caso já em investigação pela Polícia Judiciária.

Fonte daquela força policial confirmou à Lusa que estão a decorrer «diligências» no terreno, tendo em conta que o assalto terá sido perpetrado por três homens encapuzados munidos com pelo menos uma arma de fogo.

Tudo aconteceu na casa paroquial de Mujães, freguesia do concelho de Viana do Castelo, entre as 00:00 e as 02:00 de hoje, conforme relatou o pároco Manuel da Costa Pereira, de 72 anos.

«Acho que entraram pela parte de baixo da casa, talvez arrombando a porta, e como não encontraram dinheiro foram-me buscar à cama para lhes dar a chave do cofre. Arrastaram-me, ameaçaram-me e ainda me deram uma bofetada na cara», disse.

Acrescentou que os assaltantes acabaram por fugir com cerca de 5.000 euros em dinheiro, entre verbas do próprio padre e da paróquia, que estavam guardadas em diferentes locais daquela residência, inaugurada no último verão.

«Era dinheiro de contas que ainda tinha de fazer com a diocese, de causas sociais e outros apoios ou serviço», admitiu ainda.

Antes de se colocarem em fuga, os três assaltantes amarraram o sacerdote com gravatas que encontraram na residência. «Ao fim de alguns minutos, consegui soltar-me e pedi ajuda. Mas tive muito medo, porque eles ameaçaram-me com a arma», confessou Manuel Pereira.

A GNR foi chamada ao local perto das 02:00, tendo a investigação transitado para a Polícia Judiciária, noticia a Lusa.