No sábado, um grupo assaltou uma ourivesaria de luxo, em plena rua de Santa Catarina, no Porto, durante o dia.

Os quatro indivíduos apresentaram uma aparência cuidada e para garantir que ninguém se apercebia da investida, utilizaram um pano para tapar a montra. Do interior levaram vários relógios da marca Rolex, de quantia ainda por determinar.

Com recurso a pés de cabra partiram os mostradores e em poucos minutos levaram milhares de euros em relógios, num esquema preparado ao pormenor.

De forma a garantir que o assalto não era visível a quem passava pela rua. Um segundo grupo simula o encerramento da montra no exterior.

Alguns populares ainda tentaram interceptar o grupo, mas sem sucesso. O caso segue agora sob a investigação da PJ do Porto.