A força do mar provocou esta segunda-feira estragos em restaurantes da Praia de Carcavelos e o encerramento do paredão do Estoril, entre a Poça e a Azarujinha (Cascais), e também do passeio marítimo de Oeiras, informaram as autoridades locais.

De acordo com o comandante da Polícia Marítima de Cascais, Dario Moreira, o mar avançou para a Pastorinha (Cascais), partiu os vidros da esplanada e também causou estragos no bar O Moínho e no bar conhecido como Os Gémeos.

«O mar, devido à sua força, galgou a encosta e invadiu os estabelecimentos. Foram mais estragos do que o previsto. Também no Estoril, o paredão está encerrado por motivos de segurança», afirmou Dario Moreira.

No entanto, o comandante disse estar agora menos preocupado, mas assegurou que irá ainda manter nos locais patrulhas da Polícia Marítima para controlar a curiosidade das pessoas.

«O pico da praia-mar já aconteceu, portanto, o mar agora deve acalmar e não deve haver mais estragos. De qualquer forma, vamos estar atentos», garantiu.

Também o responsável da Proteção Civil de Oeiras, Filipe Palhau, disse à Lusa que o acesso ao passeio marítimo está encerrado e admitiu também a possibilidade de se vir a condicionar o trânsito automóvel na Marginal.

«Não excluímos essa hipótese. Há uma forte possibilidade de ter de se cortar o trânsito no sentido Cascais-Lisboa», disse Filipe Palhau.

Proteção Civil de Mafra restringe acesso a várias praias devido ao estado do mar

A Proteção Civil de Mafra interditou o acesso a várias praias do concelho devido ao estado do mar, para impedir a aproximação de pessoas, disse hoje o comandante municipal.

«Fechámos os acessos às praias da Calada, São Lourenço, Algodio, Sul, Pescadores e de São Julião para evitar que as pessoas se aproximem da orla costeira», afirmou à agência Lusa Miguel Oliveira.

Também a Rua das Furtas, na vila da Ericeira, está fechada à circulação entre o hotel e o Parque de Santa Marta, devido à forte ondulação.

Segundo o responsável, os meios da Proteção Civil estão no terreno a monitorizar o risco, sendo a maior preocupação os estabelecimentos comerciais da vila, onde o mar pode vir a fazer estragos durante a maré cheia, que decorre.

Em Peniche, a barra do Porto de Peniche está fechada à entrada e saída de embarcações, enquanto na Praia da Areia Branca o passeio frente à praia está interditado, tendo as ondas já galgado aquela barreira, mas ainda não invadiram os bares que ali se encontram.

Também devido ao estado do mar, um praticante de kitesurf foi resgatado esta segunda-feira na praia do Baleal por meios dos bombeiros e da Polícia Marítima, sem ter sofrido quaisquer ferimentos ou necessitado de assistência hospitalar.