A Polícia Judiciaria já começou a ouvir os familiares e amigos das vítimas da tragédia do Meco. A TVI sabe que os pais das vítimas já começaram a ser ouvidos pela PJ de Setúbal.

A PJ está agora a realizar um inquérito para apurar a causa da morte dos jovens e vai ainda reconstituir os passos dos estudantes até à praia do moinho de baixo. Só depois de recolhida toda a informação é que João Gouveia será ouvido.

As associações e federações académicas de estudantes têm reagido a este caso. Condenam abusos e violência e acreditam que reprimir a praxe não a extingue e só a esconde.