O presidente da Câmara de Esposende, Benjamim Pereira, admitiu hoje que poderá pedir a declaração de estado de calamidade, face aos elevados prejuízos provocados pelo mau tempo registado na madrugada de terça-feira.

Segundo o autarca, que falava em conferência de imprensa, os prejuízos ascenderão a «centenas de milhares de euros», mas o levantamento ainda está a ser feito, uma vez que se registaram «dezenas e dezenas» de casos.

Depois do levantamento feito, a Câmara vai avaliar se há enquadramento legal para avançar com o pedido de declaração do estado de calamidade.

«A nossa vontade era que sim», afirmou Benjamim Pereira, sublinhando que os prejuízos ascenderão sempre a «centenas de milhares de euros» e lembrando as «dificuldades financeiras» que os municípios enfrentam.

De acordo com os dados hoje revelados, as situações mais graves registaram-se em Gemesses e Rio Tinto, onde há vias cortadas ao trânsito, devendo o restabelecimento da circulação demorar uma semana.

Inundações no Hospital da Misericórdia e no edifício do auditório municipal, a queda de um muro sobre algumas sepulturas no cemitério de Rio Tinto e danos num viaduto da A28 foram outras das situações mais graves registadas no concelho de Esposende.

Na noite de segunda para terça-feira, os Bombeiros de Esposende e de Fão receberam 51 pedidos de ajuda, a maior parte dos quais referentes a inundações.

Os Serviços Municipalizados também responderam a 94 ocorrências, relacionadas com ruturas das redes de água e saneamento.

O presidente da Câmara de Esposende alertou as populações para estarem mais atentas aos alertas lançados pela Proteção Civil, tomando medidas para porem os seus bens a salvo.

A enxurrada provocou danos graves numa moradia em Rio Tinto, onde várias pedras entraram pelo piso térreo, e várias inundações na Rua Vasco da Gama, uma das artérias mais afetadas na cidade.

Benjamim Pereira sublinhou que naquela noite a chuva foi «completamente anormal» mas acrescentou que os estragos poderiam ter sido bem maiores se não tivessem sido realizadas mais de 200 ações de limpeza nos dias anteriores.