A Scotland Yard está a preparar-se para realizar escavações no Algarve próximo do local onde há sete anos desapareceu Madeleine McCann, então com três anos. Os pais de Maddie já foram informados pela polícia britânica da intenção de realizar buscas intensas, recorrendo a radares e escavadoras, em três locais na Praia da Luz e nos arredores. É uma informação do jornal Daily Mirror reproduzida também pelo Guardian, que cita fonte próxima da família.

As autoridades britânicas planeiam enviar a Portugal técnicos forenses especializados «logo que tenham luz verde das autoridades portuguesas», diz a referida fonte.

Não está em causa, aparentemente, qualquer nova pista, mas a necessidade de a polícia inglesa «fazer as suas próprias escavações, à procura de quaisquer pistas que possam ter escapado às autoridades portuguesas nas suas buscas anteriores.»

Kate e Gerry McCann, os pais de Maddie, não deverão vir a Portugal para acompanhar esta diligência, noticiada pouco depois de cumpridos sete anos sobre o desaparecimento de Maddie de um aldeamento turístico na Praia da Luz, a 3 de maio de 2007.

O último possível desenvolvimento do caso surgiu quando foi a informação de que na altura do desaparecimento de Maddie estaria no Algarve um pedófilo britânico já anteriormente identificado, e que aconteceram vários casos de crianças britânicas atacadas na região nessa altura.