O incêndio que lavrava desde quarta-feira na serra do Caramulo foi dado como «dominado» este domingo às 19:06, informa a Autoridade Nacional de Proteção Civil na Internet.

As chamas estavam a ser combatidas por cerca de 360 operacionais, apoiados por cinco meios aéreos e mais de uma centena de veículos. Já tinha sido dado como dominado durante a noite, perto da 1:00, mas reacendeu-se ao início da manhã, de acordo com o registo da Proteção Civil.

Na operação de combate às chamas no Caramulo morreu uma bombeira, a terceira morte entre bombeiros este ano. Um outro bombeiro ficou ferido com gravidade e está internado com prognóstico muito reservado no Hospital de S. João, no Porto. O incêndio causou ainda feridos ligeiros.

Às 19:30, a Autoridade Nacional de Protecção Civil registava 13 incêndios ativos. O fogo que implicava mais meios de combate, e que também já está dominado, ardia na localidade de Ervedal, no concelho de Oliveira do Hospital, para onde foram destacados 283 operacionais e 72 veículos.