Um homem apanhado a conduzir com excesso de álcool foi preso mais duas vezes num espaço de quatro horas por voltar a conduzir após a multa.

Às seis e meia da manhã de domingo, uma patrulha da PSP mandou parar o carro do homem de 35 anos, numa estrada próxima à estação de comboios de Agualva-Cacém, Sintra.

O suspeito acusou uma taxa de 1,79 gramas de álcool por litro de sangue e foi detido pelo crime de condução sob o efeito do álcool.

Por volta das oito e vinte da manhã voltou a ser intersetado a conduzir, quando estava proibido de o fazer. Voltou à esquadra, detido desta vez pelo crime de desobediência.

Saiu às nove e meia da manhã com nova inibição de conduzir, ordem que não cumpriu. É novamente intersetado pela PSP e detido pela terceira vez em apenas quatro horas.

O homem, de nacionalidade angolana, tem antecedentes e já esteve envolvido num acidente de viação, também com a presença de excesso de álcool.

O arguido já foi presente a um primeiro interrogatório e esta quarta-feira começa a ser julgado no tribunal de Sintra.