A Parque Escolar vai ter mais 83 milhões de euros no orçamento do próximo ano.

Um reforço justificado com os atrasos nas obras, mas mesmo assim o dinheiro não chega.

A empresa pública tem neste momento 39 obras em curso, mas apenas três devem ficar concluídas este ano.

A escola de Marco de Canaveses é um exemplo que se repete em muitas outras escolas de norte a sul do país.

As obras foram suspensas no ano passado com a promessa de serem retomadas este ano.

Atrasos que justificaram um reforço das verbas atribuídas à Parque Escolar.

A empresa vai receber através do Orçamento do Estado do próximo ano cerca de 83 milhões de euros, duas vezes mais do que recebeu este ano.

Contas feitas, a dotação total da parque escolar é de mais de 253 milhões de euros. Entre dinheiros do orçamento e dinheiros da Europa, vão entrar nos cofres da empresa cerca de 330 milhões de euros.

O investimento da Parque Escolar deverá centra-se nas obras em curso e mesmo assim não chega para tudo. Há obras que vão ficar paradas.

Neste momento existem 39 escolas em processo de requalificação. Só três deverão estar prontas no final do ano.

A Parque Escolar cumpriu menos de metade das metas e ainda assim conseguiu derrapar o orçamento, uma derrapagem de 400 por cento em 2012.

A TVI contactou a parque escolar que não quis comentar estes números.