Uma tragédia abateu-se sobre Castro Verde, com a morte de um menino de oito anos, encontrado no interior do carro dos pais após um regresso de férias.

Não são, ainda, claras as circunstâncias desta morte e só a autópsia poderá esclarecer o que aconteceu.

Horas antes, a família tinha regressado a casa depois de umas férias no estrangeiro.

O carro ficou estacionado para lá dos muros, numa zona com sombra. Eram 13:30 de segunda-feira. Pais e os dois filhos saíram todos da viatura, mas Lourenço voltou atrás para ir buscar uma consola de jogos. Terá sido o irmão mais velho a encontrá-lo inanimado, três horas e meia depois.

Familiares, amigos e vizinhos estão a apoiar a família, refugiada em casa.

Falam de uma criança ativa, inteligente e não entendem como não conseguiu sair do carro pelos próprios meios.

Aguarda-se que a autópsia, feita no gabinete médico legal de Beja, esclareça a causa da morte do menino do 8 anos.