O Tribunal da Relação do Porto confirmou a indemnização à menina que em 2006 foi queimada com óleo a ferver num café.

A justiça portuguesa levou sete anos a concluir este processo.

Confirma-se agora a decisão de 2012, que obriga os responsáveis pelo acidente a indemnizarem a criança agora com 13 anos em 350 mil euros.

Iara Maubert foi queimada com óleo a ferver dentro deste estabelecimento num acidente causado por irresponsabilidade.

A menina já fez muitas viagens à Corunha, onde vai sendo acompanhada por um cirurgião espanhol, tendo feito mais de dez operações de reconstrução.

Dezembro é a data apontada para a próxima cirurgia, mas até lá os pais de Iara têm de conseguir juntar dinheiro.