Uma ação de fiscalização num armazenista no Porto resultou na apreensão de artigos contrafeitos, como malas e calçado, no valor de dois milhões de euros, anunciou esta quinta-feira a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE).

Depois de investigações realizadas nas últimas semanas, os técnicos da ASAE promoveram uma ação de fiscalização dirigida a um armazenista situado no centro do Porto, tendo sido instaurado um processo crime por venda, circulação e ocultação de produtos e artigos contrafeitos.

Os cerca de 83 mil produtos apreendidos, onde se incluem malas, carteiras, calçado, vestuário ou marroquinaria, vinham do mercado asiático e «teriam sido importados por via marítima e terrestre com destino ao mercado nacional», explicou a ASAE.