A paixão pela arte e uma ideia inovadora de negócios fizeram nascer no Porto uma original galeria. O conceito reúne arte, decoração e leilões, tudo no mesmo espaço físico e online.

Não é uma simples galeria de arte, nem uma loja de decoração, nem sequer uma leiloeira. Aníbal Faria gosta de dizer que a P55 é tudo ao mesmo tempo. Ou seja, uma galeria de arte especializada em leilões, de porta aberta ao público e ao mundo através da Internet.

Desde março do ano passado altura que em este empresário de 28 anos abriu as portas a P55 já faturou um milhão de euros.

No mesmo espaço encontramos obras de Dalí, Joana Vasconcelos ou Medina. Misturam-se com mobiliário, pratas, joias ou peças de decoração. Para todos os gostos e preços.