O grupo de 42 estudantes sírios chegou esta madrugada a Portugal para estudar em universidades e politécnicos portugueses. A iniciativa partiu do ex-Presidente da República Jorge Sampaio, através da Plataforma Global de Assistência Académica de Emergência. O objetivo é receber os jovens que foram obrigados a interromper os estudos devido à guerra civil na Síria.

O grupo foi transportado desde Beirute, capital do Líbano, numa aeronave militar C-130 da Força Aérea Portuguesa. Às 04:30 chegou a Lisboa, ao Aeródromo de Trânsito nº1, em Figo Maduro.

É o primeiro grupo de um total de 80 estudantes sírios, que têm idades entre os 17 e os 22 anos.