O cadáver de uma mulher de 77 anos, que estava desaparecida desde a madrugada de quarta-feira, em Vidago, concelho de Chaves, distrito de Vila Real, foi encontrado hoje, disse à agência Lusa fonte da GNR.

O tenente-coronel João Morgado, das relações públicas do comando da GNR de Vila Real, afirmou que a equipa de busca, composta por militares da Guarda e bombeiros, encontrou esta manhã a septuagenária na margem do rio, que atravessa a vila de Vidago.

O responsável referiu que a idosa foi encontrada completamente despida, um facto que «causou estranheza» e «levantou algumas suspeitas», pelo que o caso foi entregue à Polícia Judiciária.

A mulher vivia sozinha e sofria de Alzheimer e o alerta para o seu desaparecimento foi dado às 07:30 de quarta-feira.

Nessa madrugada, segundo João Morgado, um vizinho terá visto a septuagenária na rua, tendo-a levado a casa, no entanto, a idosa terá saído novamente.

As buscas mobilizaram militares da GNR, que recorreram à ajuda de com cães pisteiros, ainda elementos do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS), bombeiros e populares.