O vice-presidente da Câmara de Ponte de Lima, Gaspar Martins foi "injuriado e agredido com um pontapé" por uma mulher mas não apresentou queixa, disse esta quarta-feira à Lusa o segundo comandante distrital da PSP.

De acordo com Raúl Curva, o caso ocorreu na segunda-feira de manhã, quando vice-presidente da autarquia foi abordado por uma mulher, num café no Largo de Camões, no centro histórico daquela vila.
 

"A mulher insultou e agrediu o vice-presidente da autarquia com um pontapé. A PSP de Ponte de Lima foi chamada ao local, identificou a mulher mas o vice-presidente da Câmara não quis apresentar queixa e prescindiu do procedimento criminal", afirmou o segundo comandante do Comando da PSP de Viana do Castelo.

Raúl Curva adiantou que "não ter sido a primeira vez" que a mesma mulher aborda o responsável autárquico "com o objetivo de o injuriar".

Contactado pela agência Lusa, o vice-presidente da Câmara daquela vila do Alto Minho escusou-se a comentar o caso "por se tratar de uma mulher doente".