A Polícia Judiciária (PJ) está investigar o caso do corpo, ainda por identificar, encontrado na sexta-feira no monte de Santa Luzia, em Viana do Castelo, disse à agência Lusa fonte da PSP.

De acordo com o segundo comandante da PSP de Viana, Raul Curva, a PJ esteve no local na sexta-feira à noite e irá agora desenvolver a investigação deste caso.

O responsável explicou que o avançado estado de decomposição, de «mais de três meses», não permitiu ainda a identificação do cadáver.

«Tudo indica tratar-se de um indivíduo do sexo masculino, mas só os exames periciais permitirão saber de quem se trata», adiantou Raul Curva.

O responsável da PSP de Viana referiu que «tudo aponta para se tratar de uma pessoa de fora da cidade» uma vez que «não há registo de desaparecidos na área de jurisdição da polícia».

O cadáver foi encontrado cerca das 19:00 de sexta-feira por crianças que integravam um grupo que fazia um piquenique na zona.

O corpo foi removido de uma zona de monte, nas proximidades do hotel de Santa Luzia cerca das 23:00 e transportado para o Instituto de Medicina Legal da Unidade Local de Saúde do Alto Minho (ULSAM).