O trânsito na Avenida da Abelheira, em Viana do Castelo, foi cortado às 12:26 após o despiste de um camião que transportava cerca de sete toneladas de congelados, disse esta terça-feira à Lusa uma fonte dos bombeiros municipais.

De acordo com o comandante daquela corporação, António Cruz "a demora no restabelecimento da circulação automóvel está relacionada com a necessidade de retirar as cerca de seis a sete toneladas de alimentos congelados do interior do veículo pesado de mercadorias".

"A mercadoria já foi retirada do interior do camião. A operação que se segue passa por levantar o veículo para o colocar no reboque", explicou o responsável.

Após o despiste, que ocorreu ainda por razões desconhecidas, o camião capotou e tombou na via, junto a uma rotunda situada nas proximidades da Igreja da Sagrada Família, na Abelheira, derramando combustível.

O acidente provocou ferimentos ligeiros no motorista do veículo acidentado. O comandante dos bombeiros municipais de Viana do Castelo adiantou que após a remoção do camião "as operações de limpeza da via vão ser realizadas por uma empresa especializada para impedir que o combustível e os produtos inicialmente utilizados pelos bombeiros para travar o derrame de gasóleo não contaminem a rede de águas pluviais daquela zona urbana".

Ao local compareceram os bombeiros voluntários e municipais de Viana do Castelo num total de 15 homens e cinco viatura, e a PSP.

O trânsito na Avenida da Abelheira, em Viana do Castelo, foi restabelecido cerca das 21:45, mais de oito horas depois do despiste de um camião, disse fonte dos bombeiros municipais.