A GNR de Viana do Castelo anunciou esta sexta-feira a detenção, em flagrante delito, de quatro mulheres e dois homens suspeitos da prática de furto qualificado em supermercados, disse à Lusa fonte daquela fonte policial.

Segundo fonte do Comando Territorial da GNR de Viana do Castelo, a detenção ocorreu quinta-feira na freguesia de Afife, no concelho de Viana do Castelo.

«Os suspeitos, que se faziam ainda acompanhar de duas crianças com cerca de dois anos de idade, atuavam de forma concertada. Enquanto uns fixavam a atenção dos funcionários e responsáveis das superfícies comerciais, os outros colocavam os artigos pretendidos no interior de um saco vazio que já transportavam do exterior, colocando-se de seguida em fuga», explicou a mesma fonte.

A operação, adiantou, foi desencadeada por uma denúncia de um gerente de uma superfície comercial situada naquela freguesia, após ter sido alvo do furto.

O responsável da superfície comercial informou a GNR de «algumas características» dos suspeitos, residentes em Alfena, no concelho de Valongo, distrito do Porto, e transmitiu que «os mesmos se tinham colocado em fuga num veículo automóvel».

Na sequência da operação desenvolvida pelos militares, a GNR conseguiu «localizar e abordar» os suspeitos, bem como «recuperar os artigos que tinham acabado de furtar».

No interior do veículo aquela força policial encontrou ainda «outros artigos que tinham sido furtados, durante o dia, em outros dois estabelecimentos comerciais do concelho de Viana do Castelo».

«Na viatura encontravam-se produtos alimentares (carne embalada, bacalhau e várias caixas de chocolates), artigos de cosmética e de higiene pessoal, todos restituídos aos estabelecimentos comerciais furtados», adiantou a GNR.

Os seis indivíduos foram notificados para comparecerem, esta sexta-feira, no Tribunal de Viana do Castelo.