O número de registos no serviço de urgências do Hospital de São João, no Porto, aumentou 10% nos últimos dias. Esta subida surge da comparação com o mesmo período no ano passado. A razão é a vaga de calor que se tem sentido.

«Nestes últimos dias, com a vaga de calor, tem havido mais episódios na urgência, contrariamente ao que estava a acontecer nos últimos dois anos», disse à agência Lusa João Sá, diretor das urgências do Hospital de S. João do Porto.

Os pacientes que mais têm aparecido têm sido doentes «mais idosos» e com «patologias crónicas debilitantes», isto é, doentes cardiovasculares, respiratórios e cerebrovasculares, cita a Lusa.

O diretor das urgências do Hospital de S. João do Porto aconselha as pessoas a não se exporem às elevadas temperaturas, a protegerem-se em casa, hidratarem-se adequadamente e serem vigiadas, no caso de idosos, por alguém que as possa auxiliar.