Uma via da Covilhã foi cortada ao trânsito, esta sexta-feira, devido à queda de materiais de um prédio, provocada pelos ventos fortes que se têm estado a registar naquele concelho, disse à agência Lusa a PSP da Covilhã.

Segundo a informação confirmada à agência Lusa pelo comissário Luís Soares, a via em causa é a Alameda Europa, em frente ao Serra Shopping, e a decisão de encerrar o trânsito foi tomada às 12:30, depois de se ter verificado que «algumas das placas de cofragem e outros materiais de um prédio que ali está em construção estavam a cair para a via pública, pondo em risco os bens materiais e humanos».

De acordo com aquele responsável, a queda dos materiais não provocou feridos, mas tendo em conta que há o risco de outras placas voltarem a soltar-se, aquela avenida vai manter-se encerrada e até as pessoas estão a ser aconselhadas a não passar na Alameda ou, em caso de extrema necessidade, a fazê-lo pelo lado oposto ao do prédio.

A PSP também aconselhou os proprietários dos carros ali estacionados a retirá-los, além de pedir aos moradores dos prédios vizinhos para que tenham cuidados redobrados.

Este responsável adiantou ainda que, devido às previsões climatéricas, o encerramento da via deverá ser mantido até sábado ao final do dia, sendo que o trânsito está a ser realizado pelas vias adjacentes.

Já na Serra da Estrela, os ventos fortes também provocaram estragos no telhado do Hotel Serra da Estrela, nas Penhas da Saúde, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações e Socorro (CDOS) de Castelo Branco.

Segundo a fonte, não há registo de feridos, mas «algumas das placas de zinco da estrutura central do edifício caíram e há outras que ameaçam soltar-se», pelo que os meios de socorro e proteção civil foram chamados ao local, cerca das 13:20.

Às 16:30, ainda ali permaneciam a acompanhar a situação.

De acordo com a informação do CDOS e outras situações provocadas pelos ventos fortes, designadamente algumas quedas de árvores sem consequências de maior e resolvidas “num curto espaço do tempo”.